Oscar 2017 | Polêmicas, recordes e muito mais na maior premiação do cinema


A 89ª edição do Oscar 2017 começou neste domingo com uma animada apresentação musical de Justin Timberlake e contou com a apresentação do comediante Jimmy Kimmel.

A atriz Viola Davis se igualou a Whoopi Goldberg como únicas artistas negras a conquistarem um Oscar, um Emmy e um Tony.

Damien Chazelle, que dirigiu La La Land – Cantando Estações, se tornou o mais jovem na história a vencer a categoria de Melhor Diretor.

In Memoriam teve homenagens para Carrie Fisher, Debbie Reynolds, Gene Wilder e Prince. Já Bill Paxton, que morreu no dia do evento, não estava no vídeo, mas foi citado por Jennifer Aniston na apresentação da montagem.

No  entanto, houve uma gafe, a foto de uma mulher que está viva foi exibida dentre os homenageados. A montagem em questão cita Janet Patterson, que realmente morreu em outubro de 2016, mas coloca a foto de Jan Chapman, produtora australiana que trabalhou em filmes como O Babadook (2014) e O Brilho de Uma Paixão (2009).

Mas nada foi comparada à gafe final do evento. Quando ia anunciar o prêmio de “Melhor Filme”, o ator e diretor Warren Beaty olhou para o envelope diversas vezes, deu uma titubeada, mas logo anunciou o prêmio para La la land – Cantando Estações.

A equipe toda subiu ao palco para agradecer, até que perceberam que estava tudo errado. O prêmio, na verdade, era para Moonlight.


A explicação dada por Warren foi que ele estava com o envelope errado, aquele que deu o prêmio de “Melhor Atriz” à Emma Stone (atriz de “La la land”), e por isso ele leu o nome do filme musical.

De acordo com o site Vox, esta foi a primeira vez em 89 edições que um erro assim aconteceu.

Melhor Filme:
La La Land – Cantando Estações
Manchester à Beira Mar
Até o Último Homem

Moonlight: Sob a Luz do Luar

A Chegada
Lion: Uma Jornada Para Casa
Um Limite entre Nós
Estrelas Além do Tempo
A Qualquer Custo

Melhor Atriz:

Emma Stone – La La Land
Natalie Portman – Jackie
Isabelle Huppert – Elle
Meryl Streep – Florence
Ruth Negga -Loving

Melhor Ator:

Casey Affleck – Manchester à Beira-Mar
Andrew Garfield – Até o Último Homem
Ryan Gosling – La La Land: Cantando Estações
Viggo Mortensen – Capitão Fantástico
Denzel Washington – Um Limite Entre Nós

Melhor Ator Coadjuvante:
Mahershala Ali – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Jeff Bridges – A Qualquer Custo
Lucas Hedges – Manchester à Beira-Mar
Dev Patel – Lion: Uma Jornada para Casa
Michael Shannon – Animais Noturnos

Melhor Atriz Coadjuvante:

Viola Davis – Um Limite Entre Nós
Naomie Haris – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Nicole Kidman – Lion: Uma Jornada para Casa
Octavia Spencer – Estrelas Além do Tempo
Michelle Williams – Manchester à Beira-Mar

Melhor Diretor:

Denis Villeneuve – A Chegada
Mel Gibson – Até o Último Homem

Damien Chazelle – La La Land: Cantando Estações

Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar
Barry Jenkins – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Roteiro Adaptado:

Eric Heisserer – A Chegada
August Wilson – Um Limite Entre Nós
Allison Schroeder e Theodore Melfi – Estrelas Além do Tempo
Luke Davis – Lion: Uma Jornada para Casa

Barry Jenkins e Tarell Alvin McCraney – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhor Roteiro Original:

Taylor Sheridan – A Qualquer Custo
Damien Chazelle – La La Land: Cantando Estações
Yorgos Lanthimos e Efthimis Filippou – The Lobster

Kenneth Lonergan – Manchester à Beira-Mar

Mike Mills – 20th Century Women

Melhor Canção Original:

Audition (The Fools Who Dream) | Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações
Can’t Stop the Feeling | Música e canção de Justin Timberlake, Max Martin e Karl Johan Schuster – Trolls

City of Stars | Música de Justin Hurwitz, canção de Benj Pasek e Justin Paul – La La Land: Cantando Estações

The Empty Chair | Música e canção de J. Ralph e Sting – Jim: The James Foley Story
How Far I’ll Go | Música e canção de Lin-Manuel Miranda – Moana: Um Mar de Aventuras

Melhor Trilha Sonora:

Mica Levi – Jackie

Justin Hurwitz – La La Land: Cantando Estações

Dustin O’Halloran e Hauschka – Lion: Uma Jornada para Casa
Nicholas Britell – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Thomas Newman – Passageiros

Melhor Fotografia:

Bradford Young – A Chegada

Linus Sandgren – La La Land: Cantando Estações

Greig Fraser – Lion: Uma Jornada para Casa
James Laxton – Moonlight: Sob a Luz do Luar
Rodrigo Prieto – Silêncio

Melhor Curta-Metragem:

Ennemis Intérieurs
La Femme et le TGV
Silent Nights

Sing

Timecode

Melhor Documentário em Curta-Metragem:

Extremis
4.1 Miles
Joe’s Violin
Watani: My Homeland

Os Capacetes Brancos

Melhor Montagem

Joe Walker – A Chegada

John Gilbert – Até o Último Homem

Jake Roberts – A Qualquer Custo
Tom Cross – La La Land: Cantando Estações
Nat Sanders e Joi McMillon – Moonlight: Sob a Luz do Luar

Melhores Efeitos Visuais

Craig Hammack, Jason Snell, Jason Billington e Burt Dalton – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Stephane Ceretti, Richard Bluff, Vincent Cirelli e Paul Corbould – Doutor Estranho
Robert Legato, Adam Valdez, Andrew R. Jones e Dan Lemmon – Mogli: O Menino Lobo
Steve Emerson, Oliver Jones, Brian McLean e Brad Schiff – Kubo e as Cordas Mágicas
John Knoll, Mohen Leo, Hal Hickel e Neil Corbould – Rogue One: Uma História Star Wars

Melhor Design de Produção

Patrice Vermette (design de produção) e Paul Hotte (decoração de set) – A Chegada
Stuart Craig (design de produção) e Anna Pinnock (decoração de set) – Animais Fantásticos e Onde Habitam
Jess Gonchor (design de produção) e Nancy Haigh (decoração de set) – Ave, César!

David Wasco (design de produção) e Sandy Reynolds-Wasco (decoração de set) – La La Land: Cantando Estações

Guy Hendrix Dyas (design de produção) e Gene Serdena (decoração de set) – Passageiros

Melhor Animação:
Kubo e as Cordas Mágicas
Moana: Um Mar de Aventuras
Minha Vida de Abobrinha
A Tartaruga Vermelha

Zootopia: Essa Cidade é o Bicho

Melhor Curta em Animação:

Blind Vaysha
Borrewed Time
Pear Cider and Cigarettes
Pearl

Piper

Melhor Longa Estrangeiro:

Terra de Minas (Dinamarca)
A Man Called Ove (Suécia)

O Apartamento (Irã)

Tanna (Austrália)
Toni Erdmann (Alemanha)

Melhor Mixagem de Som:

Bernard Gariépy Strobl e Claude La Haye – A Chegada

Kevin O’Connell, Andy Wright, Robert Mckenzie e Peter Grace – Até o Último Homem

Andy Nelson, Ai-Ling Lee e Steve A. Morrow – La La Land: Cantando Estações
David Parker, Christopher Scarabosio e Stuart Wilson – Rogue One: Uma História Star Wars
Greg P. Russell, Gary Summers, Jeffrey J. Haboush e Mac Ruth – 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi

Melhor Edição de Som:

Sylvain Bellemare – A Chegada
Wylie Stateman e Renée Tondelli – Horizonte Profundo: Desastre no Golfo
Robert Mackenzie e Andy Wright – Até o Último Homem
Ai-Ling Lee e Mildred Iatrou Morgan – La La Land: Cantando Estações
Alan Robert Murray e Bub Asman – Sully: O Herói do Rio Hudson

Melhor Documentário em Longa-Metragem:

Fogo no Mar
Eu Não Sou Seu Negro
Life, Animated

O.J.: Made in America

13ª Emenda

Melhor Figurino

Joanna Johnston – Aliados

Colleen Atwood – Animais Fantásticos e Onde Habitam

Consolata Boyle – Florence: Quem é Essa Mulher?
Madeline Fontaine – Jackie
Mary Zophres – La La Land: Cantando Estações

Melhor Maquiagem e Cabelo

Eva Von Bahr e Love Larson – A Man Called Ove
Joel Harlow e Richard Alonzo – Star Trek: Sem Fronteiras

Alessandro Bertolazzi, Giorgio Gregorini e Christopher Nelson – Esquadrão Suicida

O que você achou disso?

Chorei Chorei
0
Chorei
OMG OMG
0
OMG
Fail Fail
0
Fail
Amei Amei
0
Amei
Medo Medo
0
Medo
QUE?? QUE??
0
QUE??
Egnaldo Júnior

Colunista, escritor, blogueiro, humorista e radialista. Técnico em Segurança do Trabalho, Jornalista em formação. Amante da televisão, das séries, tecnologias e redes sociais. Adora comédia romântica e filmes de terror/horror. #Paz

Oscar 2017 | Polêmicas, recordes e muito mais na maior premiação do cinema