Festival Urso de Ouro 2012, especial parte 1


Foto divulgação pela UOL

Durante o período de frio em Berlim o nosso enviado especial o Xoel foi acompanhar de perto todo o festival, é com isso nós estamos trazendo com EXCLUSIVIDADE fotos em breve, textos dos acontecimentos é flash de dentro do evento, de quem acompanhou de perto.

Para começar com os textos aqui vai um breve resumo do que já houve em Berline.

Texto de Xoel.


Nas linhas que seguem você encontrará tudo deimportante que aconteceu no festival, incluindo premiações, as estrelas quepassaram por lá e que fim levaram os representantes brasileiros por aquelasterras. Se você perdeu alguma notícia, algum comentário ou se o carnavalantecipado fez você se distrair a esse ponto, aí segue um cardápio cheio do quede importante rolou no evento!
Resumo:Essa atual edição do festival de Berlin, começou no dia 9 de Fevereiro, paraacabar 10 dias depois. Foram realizadas 17 amostras espalhadas por mais de 50salas de exibição por Berlin. A Berlinale é conhecida por ser uma das maioresmostras de cinema do mundo e ter em seu planejamento, não só grandes produções,mas espaço para muitas produções menores e filmes pequenos de diretores eatores principiantes.
Início:Na tarde do dia 9 de fevereiro, o festival teve o começo inicial das projeções.Com pouquíssimos filmes e apenas um dos que estavam concorrendo à premiaçãoprincipal “Les adieux à Reine”, sobre os momentos decisivos da revoluçãofrancesa com ênfase em Maria Antonieta, essa sendo interpretada pela alemãDiane Kruger (Bastardos Inglórios) econtando ainda com Lea Seydoux (Meia-noiteem Paris) e Virginie Ledoyen (Bosquede Sombras).
Já no dia seguinte, começou pra valer o Festival,com todas as mostras abertas ao público (exceto a mostra de curtas-metragens ealgumas seções fechadas para a mídia e convidados). Dentre as mostrasdisponíveis, podemos citar como mais relevantes (além da mostra principal,logicamente , que estão os filmes que disputam o premio principal, o Urso deOuro) as seções “Panorama”, em que são exibidos filmes de diversos países, issoinclui filmes daqui que serão abordados mais pra frente, “Retrospectiva”, comfilmes não-inéditos seja em festivais ou seja em circuito comercial, “BerlinaleShorts” a mostra de curtas que todo festival possui, “Perspectiva cinemaalemão” cujo título é autoexplicativo e uma seção curiosa e interessante a“Kulinarisches Kino” que em bom português significa “Cinema Culinário”. Pois é,os organizadores acharam uma boa idéia ter uma mostra de filmes sobre o mundoda culinária, diferente não?
Outra característica forte da Berlinale são oscinemas e suas decorações. Eles realmente capricham. Não se trata apenas debotar grades e um tapete vermelho, mas também de concretizar toda a aura dofestival nos cinemas, principalmente  oBerlinale Palast, o principal centro de eventos da mostra, com não só filmes,mas também centro de conferências e o Friedrichstadt-palast, um enormeteatro/casa de shows que abrigou com muito glamour outras mostras importantes.
Celebridades: Apesar do frio e da aurade cinema europeu que contorna a Berlinale, aos poucos as grandes estrelas deHollywood, e de outros nichos cinematográficos também, começaram a dar suascaras. Sem contarmos o fato de Christopher Lee já comparecer no primeiro dia,afinal era um dos homenageados do evento e de Jake Gyllenhaal .
Meryl Streep no Festival, foto cedida pelo G1
Falandoem homenagens, Meryl Streep foi outra que recebeu um prêmio (mais um) por suacarreira, que em total são nada mais nada menos que 35 anos de atuação, nadamais justo! Vale lembrar que já está em suas prateleiras o Bafta e o Globo deouro desse ano, será que o oscar vem aí?(eu acho que sim)
Outraatriz americana também recebeu um prêmio fora de competição na Berlinale,trata-se da sra. Pitt, Angelina Jolie. Apesar de seudrama de Guerra bósnio “In the Land of Blood and Honey” estar rodando no festival,o prêmio em questão era o “Movies for Peace”, direcionado a obras que de algumaforma, ajudam a promover ou conscientizar as pessoas pela paz. O que de certaforma é a cara dela. Apesar do prêmio a sua obra não foi uma unanimidade naBerlinale, levando tanto bons comentários como pesadas críticas pelo público ecrítica do festival.
Stevesoderbergh conseguiu encaixar seu filme de ação “A Toda Prova” numa altura dofestival em que o público já estava saturado de dramalhões. Depois de ver comoé a guerra na bósnia, uma garota que passa sua juventude trancada num porão euma família desalojada em Israel, nada mais justo do que assistir a trajetóriade uma ex-agente secreta distribuindo tiros e pancadas para se distrair umpouco. História nada surpreendente mas suficiente para irmos ao cinema ver aex-lutadora Gina Carano dividindo a tela com nomes pouco conhecidos comoAntonio Banderas, Michael Douglas, Michael Fassbender e Eawn McGregor. Aliásboa parte do elenco esteve prestigiando o festival.
RobertPattinson e Cristina Ricci estiveram presentes para divulgarem “Bel Ami”.Filmeque já está rendendo historinhas sobre os citados,
pra quem gosta de fofoca éum prato cheio.É interessante ver que o vampiro preferido das adolescentes vemse exercitando enquanto ator se empenhando em trabalhos mais complexosdramaticamente do que atirando e saltando de prédios como seu ex-colega de set,o lobisomen Taylor Lautner.
Nemsó de estrelas hollywoodianas viveu a berlinale desse ano. Reafirmando o seutom abrangente, passaram pelo tapete vermelho conhecidos atores germânicos comoa já mencionada Diane Kruger, Jürgen Vogel (“A Onda”) e Armin Rhode(“Contágio”), além de inúmeros atores, diretores, roteiristas e produtores deinúmeras nacionalidades que estiveram presentes. De tantas origens diferentesque até aquele que vos escreve agora, teve de recorrer a ferramentajornalística que só profissionais de estrada conhecem: perguntar à pessoa dolado “você conhece aquele ali?”, pra tentar desvendar quem estava por ali passando.
Premiação: Com o festival rolando, osfilmes sendo dissecados por crítica e público, foram aos poucos se desenhando,no boca-a-boca, quem seriam os favoritos, ou quem com toda a certeza não iriaganhar nada. Mas era fácil ver os comentários pela crítica especializada quedois candidatos estavam mais próximos do trouféu principal, eram eles “Barbara”filme alemão sobre o envolvimento entre um casal de médicos durante os últimosanos de guerra-fria na Alemanha oriental e “Cesar deve morrer”, produção italianasobre a encenação de uma peça shakespeariana por presidiários de umapenitenciária de segurança máxima. No entanto, já era possível ver que dentrodesses dois, os italianos estariam teoricamente, mais à frente visto que ofilme alemão, apesar de tudo, recebeu alguns comentários não tão empolgantes.
Nanoite de sábado sacramentou-se o tênue favoritismo pela obra italiana dosveteraníssimos diretores Paolo Taviani e Vittorio Taviani, que já possuíam nocurrículo inúmeros prêmios incluindo Cannes e Festival de gramado. Noagradecimento, os vencedores do prêmio principal fizeram questão de lembrar dospresos que atuaram na peça, dentro do filme, lembrando que apesar de tudo, elesainda continuavam sendo pessoas como todos nós.
Aoutra produção favotira, “Barbara” levou o Urso de prata, de direção paraChristian Petzold, que já tinha duas indicações para esse mesmo prêmio nos últimosfestivais. Nenhum filme genuinamente brazuca ganhou um urso, mas uma produçãoluso-brasileira voltou pra casa com um dos prêmios, tratava-se de “Tabu”,ganhador do prêmio Alfred Bauer, ode específico a produções que investem dealgum modo em filmes que investem em algum experimentalismo. E pra fechar ofestival, ainda tivemos uma menção especial, que não é exatamente um prêmio,mas, como o nome diz, uma menção para o documentário nacional “Licuri Surfe”.
Apesarda premiação ter sido no sábado, a programação oficial da Berlinale teve fimontem, com a exibição aberta pra o público do filme vencedor do prêmioprincipal.
Essefoi um resumo do que ocorreu nesse festival europeu, em breve, iremosdisponibilizar fotos exclusivas e uma matéria específica de como é estar numfestival desse porte. A infra-estrutura, a expectativa do público, as filas, asconfusões entre outras tantas coisas. Fiquem atentos.

O que você achou disso?

Chorei Chorei
0
Chorei
OMG OMG
0
OMG
Fail Fail
0
Fail
Amei Amei
0
Amei
Medo Medo
0
Medo
QUE?? QUE??
0
QUE??
William Victor

Criador, desenvolvedor do Cine Cine Mania, apaixonado pela 7° arte. Adora papa de maizena, e você?

Festival Urso de Ouro 2012, especial parte 1