Demolidor | Atriz quer que passado de Karen Page seja mais explorado


Karen Page | Divulgação

A atriz Deborah All Woll, que da vida a Karen Page em Demolidor, já afirmou que toparia participar de um spin-off da série. Agora a atriz falou que quer ver mais de sua personagem, sendo o passado dela mais explorada na terceira temporada da série do demônio de Hell’s Kitchen.

Em uma entrevista concedida para a Collider, a atriz explicou que Karen tem muitas características interessantes que não foram exploradas e podem ser mais ultilizadas na nova temporada.

Eu definitivamente gostaria de saber mais sobre o passado dela. Nós estávamos apenas insinuando coisas e dando algumas dicas, mas espero que seja possível para nós desenrolarmos esse doce. Isso seria legal para mim.

Durante a entrevista, ela também destacou quais os seus aspectos favoritos sobre a personagem e todas as suas qualidades.

Minhas coisas favoritas para trabalhar com essa personagem são sua obstinação e animação. Karen é agressiva e eu gosto disso. Gosto dessa característica em uma personagem feminina porque acho que é uma qualidade que historicamente foi imposta como algo ruim nas mulheres. Eu acredito que ela possa ser como uma força, mas também uma fraqueza. Pode ser um daqueles aspectos maravilhosos e complexos dela. Ela não desiste das coisas, mesmo que isso a machuque ou até mesmo outra pessoa. Ela está por aí, ela vai encontrar a verdade e não consegue pensar em desistir, e nunca irá. Essa é uma parte muito divertida de sua personalidade para explorar.

A terceira temporada de Demolidor já está sendo filmada e deve ser a adaptação da HQ, A Queda de Murdock.

Demolidor está disponível na Netflix com sua primeira e segunda temporada. Os episódios ainda não têm data de estreia definida.

Confira mais sobre: Demolidor

O que você achou disso?

Chorei Chorei
0
Chorei
OMG OMG
0
OMG
Fail Fail
0
Fail
Amei Amei
1
Amei
Medo Medo
0
Medo
QUE?? QUE??
0
QUE??
Pedro Freire

Amante do cinema, séries e teatro. YouTuber e aspirante a ator.

Demolidor | Atriz quer que passado de Karen Page seja mais explorado