Crítica | Alien: Covenant


Por Thiago Schumacher

Novo longa de Ridley Scott diverte, mas não inova.

O famoso diretor Ridley Scott, responsável por grandes títulos do cinema de ficção científica tais como Perdido em Marte, Blade Runner – O Caçador de Andróides, e criador da série de filmes Alien, de 1979, retorna às telas com o novíssimo Alien: Covenant. Sequência do longa Prometheus, de 2012.

O ano é de 2014 e a espaçonave Covenant está transportando mais de dois mil passageiros e mil embriões para colonizar um planeta que possui condições de vida similares às da terra. Porém, durante a viagem, um surto de energia danifica a nave e mata o capitão, além de acordar os outros passageiros outrora adormecidos.Enquanto buscam consertar a nave, a tripulação intercepta uma transmissão de rádio vinda de um planeta desconhecido que está muito mais perto do que a colônia para a qual estavam seguindo. Logo, é decidido que devem ir até a fonte da transmissão, no planeta desconhecido. Walter (Michael Fassbender), Faris (Amy Seimetz), Karine (Carmen Ejogo) e Daniels (Katherine Waterston) descem até o recém descoberto ambiente para desvendar que a tão sonhada colônia está mais distante de acontecer do que eles imaginam.

Com base nessa premissa, inicia-se uma misteriosa busca por locais macabros e assustadores. A equipe logo descobre restos e pertences dos tripulantes da Prometheus, e não demora muito até tornarem-se vítimas da fúria e ira que existe nos ovos adormecidos dos Aliens.

O elenco desempenha papel crucial no desenrolar da estória. O nível realista de atuação é notável e as emoções estampadas nos rostos daqueles personagens são tão reais quanto poderiam ser. O grande destaque vai para Michael Fassbender (Assassin’s Creed) que interpreta os androids gêmeos Walter e David (de Prometheus). Apesar de terem aparência idêntica, os dois protagonistas possuem personalidades completamente distintas e a boa atuação de Fassbender trás à luz essas discrepâncias.

Também integrando o elenco, temos Katherine Waterston (Animais Fantásticos e Onde Habitam) exalando girl power em diversos momentos. A personagem demonstra fragilidade inicialmente, porém, logo nos prova que isso não é sinônimo de fraqueza e que irá lutar até a última gota de sangue para permanecer viva. A boa atuação de Waterston a faz uma das mais importantes personagens do grupo de soldados.

A atmosfera de Alien: Covenant continua macabra e creepy, mas não tanto como visto nos filmes anteriores do universo Alien. Leva um certo tempo até que nossos visitantes desavisados encontre seus inimigos, entretanto, uma vez apresentados, tudo passa a acontecer rápido demais, não dando tempo do espectador sentir e absorver o suspense inerente àquele cenário.

As criaturas retornam tão perversas e perigosas como já vistas anteriormente, com recursos visuais de encantar os olhos. Tudo é muito real e apesar de sabermos que a computação gráfica é a responsável, não somos distraídos da ação por conta disso.

O longa ainda tira alguns momentos para homenagear títulos passados e o terror que definiu uma geração dos anos 80, o trash. Em determinada cena, temos uma sequência extremamente sangrenta e clássica, digamos. Os fãs rapidamente identificarão a referência.

Apesar de divertido e cativante, o título em análise falha no quesito inovação, não adicionando qualquer elemento novo ou algo 100% inédito. É mais da mesma formula, da mesma receita. Porém, para aqueles que nunca vivenciaram os asquerosos Aliens antes, é uma boa oportunidade para iniciar-se e se possível, numa sala IMAX.

Avaliação: 75% – Divertido, mas não inovador.

O que você achou disso?

Chorei Chorei
0
Chorei
OMG OMG
0
OMG
Fail Fail
0
Fail
Amei Amei
0
Amei
Medo Medo
0
Medo
QUE?? QUE??
0
QUE??
Thiago
Professor de inglês e Advogado. Apaixonado por música, filme e pizza!

Crítica | Alien: Covenant

log in

Resetar senha

Back to
log in
Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Open List
Open List
Ranked List
Ranked List
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format