A Morte Te Dá Parabéns | Crítica 2


Mostrar uma pessoa acordando repetidamente no mesmo dia não é uma premissa inédita no cinema. Em 1993, o filme O Feitiço do Tempo mostra o personagem de Bill Murray, um arrogante meteorologista de um canal de TV que fica preso em uma espécie de túnel do tempo, condenado a reviver o mesmo dia até que mude suas atitudes.  Em A Morte Te Dá Parabéns a premissa é unida ao terror slasher de filmes como Pânico e Eu Sei o Que Vocês Fizeram no Verão Passado, despertando-se como uma das melhores surpresas do ano.

Reprodução

O longa mostra a história de Tree, uma verdadeira bitch, que lembra muito a Regina George de Meninas Malvadas, acordando no quarto de um desconhecido no dia do seu aniversário, após ter se embriagado numa festa da noite anterior. Ao decorrer do dia, ela vai sendo cruel com todos seus amigos, inclusive seu pai, até ser assassinada. No entanto, no dia seguinte, ela da mesma forma que no dia anterior, tendo que reviver tudo novamente até a sua morte. Tree começa então a reviver o mesmo dia tendo que morrer das formas mais variadas e inovadoras possíveis, até ter que descobrir a identidade do “fofo” e tenebrosos assassino e seus motivos.

Repleto de clichês, e isso aqui não é algo ruim, o filme ressuscita o mote do serial killer mascarado em grande estilo. Já podendo ser considerada uma scream queen da nova geração, a atriz Jessica Roth (La La Land) segura de maneira incrível o protagonismo da trama. Ela cai, grita, é divertida, guerreira e até mesmo cruel de uma maneira cativante. É impossível não torcermos por ela e pelo seu par amoroso que é interpretado naturalmente pelo ator Israel Broussard. O elenco do longa é muito bom.

Divulgação

O produtor Jason Blum, responsável por sucessos como Corra! Uma Noite de Crime, acerta mais uma vez com esta produção perfeitamente dirigida por Christopher Landon. O diretor acerta a mão ao inovar na repetição de fórmulas batidas. O uso da trilha sonora combinada às técnicas de iluminação rende muitos sustos aos espectadores. Isso sem falar dos inúmeros plost twist da produção.

Divertido e repleto de sustos, A Morte Te Dá Parabéns revive de maneira incrível o gênero slasher desgastado nos anos 90. De maneira despretensiosa, o filme é um dos destaques do ano, que pode ser considerado mais um suspense que um terror. Apesar de virmos uma garota ser assassinadas diversas vezes na telinha, conseguimos sair leve do cinema por conta da atmosfera divertida criada na produção. Merece ser visto e vale a pena ser revisto.

Com ajuda do Review

O que você achou disso?

Chorei Chorei
0
Chorei
OMG OMG
0
OMG
Fail Fail
0
Fail
Amei Amei
0
Amei
Medo Medo
0
Medo
QUE?? QUE??
0
QUE??
Egnaldo Júnior

Colunista, escritor, blogueiro, humorista e radialista. Técnico em Segurança do Trabalho, Jornalista em formação. Amante da televisão, das séries, tecnologias e redes sociais. Adora comédia romântica e filmes de terror/horror. #Paz

A Morte Te Dá Parabéns | Crítica 2

Choose A Format
Personality quiz
Series of questions that intends to reveal something about the personality
Trivia quiz
Series of questions with right and wrong answers that intends to check knowledge
Poll
Voting to make decisions or determine opinions
Story
Formatted Text with Embeds and Visuals
List
The Classic Internet Listicles
Open List
Open List
Ranked List
Ranked List
Meme
Upload your own images to make custom memes
Video
Youtube, Vimeo or Vine Embeds
Audio
Soundcloud or Mixcloud Embeds
Image
Photo or GIF
Gif
GIF format